Livre associação

Estruturar uma narrativa coerente. Encontrar o conflito, não fugir dele. Administrar desejos paradoxais. Aceitar que o desejo e sua negação convivem todo o tempo. Transgredir e desejar a punição. Sentir culpa. Sentir medo. Sentir solidão. Querer mudar e ter medo da mudança. Querer fazer, e procrastinar. A pitada insidiosa de caos no cotidiano. Ter saudade e ter preguiça. Amar e nem saber por onde começar a dizer. Dizer. Falar. Admitir que a fala é a falta. Faltar. Entender que a falta é o que move. Querer preencher o vazio, e querer o vazio. Saltar no vazio. Ter medo de cair. Querer o mar e o porto. Procurar uma música que descreva a angústia, um poema que descreva o amor, um livro que elabore. Não encontrar. Encontrar. Achar que encontrou.Querer viajar, ter medo de avião. Vontade de ter filhos. Medo de não conseguir. Amar profundamente. Ter medo de perder. Sonhar que perde. Sonhar e não entender.

Ser uma criatura do desejo e da morte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s